PREVENÇÃO e CONTROLO DA LEGIONELLA

A bactéria da Legionella existe nos ambientes naturais e o uso da água nas atividades humanas (sistemas artificiais) potencia o seu desenvolvimento, pelo que é indispensável a realização de uma Avaliação de Risco e a sua vigilância. Devem ser implementadas medidas de prevenção e controlo.

A QTA executa, no âmbito do Decreto-Lei n.º 52/2018, que define o regime de prevenção e controlo da doença dos Legionários (Legionella), as Avaliações de Risco e os consequentes Planos de Prevenção e Controlo nas instalações industriais dos nossos clientes.

No âmbito da legislação é necessário avaliar e definir o plano para:

  • Redes de distribuição de água quente e fria;
  • Sistemas de arrefecimento coletivo: torres de arrefecimento, condensadores evaporativos, humidificadores e sistemas de ar condicionado;
  • Sistemas de arrefecimento individual: ar condicionado/split e de arrefecimento por evaporação de pequena dimensão;
  • Outros sistemas: sistemas de combate a incêndios, chuveiros e lava-olhos, sistemas de rega por aspersão, redes de extinção de incêndios, fontes ornamentais, lavagem de veículos, navios, etc.